É fã de jogos antigos? Então confira o lançamento do RetroArch 1.9

É fã de jogos antigos? Então confira o lançamento do RetroArch 1.9

Você tem saudades dos jogos que marcaram sua infância ou juventude? Uma boa opção para matar a saudade é o programa RetroArch. Daniel De Matteis, o desenvolvedor, comunicou uma importante atualiação, a versão 1.9. Portanto, esta é uma nova versão principal do front-end popular e de código aberto para emuladores, videogames, motores de jogos e players de mídia.

Se você curte eu aconselho a instalação deste programa em sua distribuição Linux para poder desfrutar desta nostalgia. O RetroArch 1.9 traz muitas surpresas. Entre elas uma nova visualização de exploração para todas as listas de reprodução que permite pesquisar conteúdo com base em vários critérios, tais como gênero, origem, editor, sistema, ano de lançamento, desenvolvedor e quantidade de jogadores.

Uma nova opção de notificação de inicialização “Carregar Conteúdo”, que, quando ativada, exibirá uma curta animação ao lançar um novo conteúdo a partir do menu ou da linha de comando. Este recurso pode ser habilitado em Configurações> Exibição na tela> Notificações na tela.

RetroArch 1.9 torna o remapeamento de entrada mais fácil, especialmente para dispositivos de tela sensível ao toque, graças às listas suspensas que suportam controladores e teclados. Do mesmo modo, os usuários agora poderão usar o botão Iniciar do RetroPad para redefinir os remapeamentos do teclado do controlador.

Melhorias implementadas

Muitas melhorias nesta versão estão em torno do menu principal, que agora permite aos usuários desabilitar ou habilitar seletivamente as notificações de widget, retorna corretamente o cursor para a posição anterior no menu em vez da primeira entrada, exibe ícones do sistema associado na lista de reprodução e apresenta um novo submenu Importar conteúdo que consiste nas entradas de digitalização de diretório, digitalização de arquivo e digitalização manual.

Por último, o RetroArch 1.9 traz várias melhorias para o player de vídeo embutido, baseado em FFmpeg. Ele inclui uma nova barra de sobreposição de progresso que aparecerá ao navegar para frente ou para trás no clipe.

Da mesma forma, há várias melhorias para reduzir o consumo de memória e a sobrecarga de E/S de disco. Assim, isso se traduz em melhor desempenho com menos recursos. Para conhecer todas as correções de bug incluídas nesta versão, não deixe de verificar o changelog completo na página de anúncio de lançamento.

RetroArch é compatível não apenas com sistemas Linux, mas também com dispositivos Raspberry Pi, Android, Apple TV, iOS e Xbox One. Você pode baixar RetroArch 1.9 agora mesmo do site oficial. Também existe uma versão on-line que você pode acessar aqui.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Iniciar conversa
Podemos ajudar?